Cursos de Especialização Tecnológica

Próximas Formações:

Automação, Robótica e Controlo Industrial 

Desenvolvimento de Produtos Multimédia 

Tecnologia Mecatrónica 

Telecomunicações e Redes 

Locais de realização

Castelo Branco, Coimbra, Leiria e Viseu

Observações: Clique na formação pretendida para aceder ao formulário de inscrição.


Descrição

Cursos de Especialização Tecnológica (CET) são uma formação pós-secundária não superior que visa conferir qualificação de nível 5, de acordo com a Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho, que define os níveis de qualificação de acordo com o Quadro Nacional de Qualificações (QNQ).

Este tipo de qualificação profissional é obtido através da conjugação de uma formação secundária, geral ou profissional, com uma formação técnica pós-secundária, e caracteriza-se por:

  • Ser uma formação técnica de alto nível;
  • Resultar numa qualificação que inclui conhecimentos e capacidades de nível superior;
  • Não exigir, em geral, o domínio dos fundamentos científicos das diferentes áreas em causa;
  • Adquirir capacidades e conhecimentos que permitam, através deles assumir, de forma geralmente autónoma ou de forma independente, responsabilidades de conceção e ou de direção e ou de gestão.

À conclusão de um CET com aprovação em todas as unidades de formação é atribuído um Diploma de Especialização Tecnológica (DET). Este diploma dá acesso a um Certificado de Aptidão Profissional emitido no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Profissional, nas condições fixadas pelo Decreto Regulamentar n.º 68/94, de 26 de Novembro.

O DET é conferido a um formando que realizou um plano de formação com um número de créditos compreendido entre 60 e 90 ECTS, cuja duração global corresponde ao número de ECTS (Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 Fevereiro).

O plano de formação de um CET integra três tipos de componente de formação:

1. Componente de Formação Geral e Científica

Objetivos:

  • Desenvolver atitudes e comportamentos adequados a profissionais com elevado nível de qualificação profissional e adaptabilidade ao mundo do trabalho e da empresa;
  • Aperfeiçoar, onde tal se revele indispensável, o conhecimento dos domínios de natureza científica que fundamentam as tecnologias próprias da área de formação.

2. Componente de Formação Tecnológica

Objetivos:

  • Compreender as atividades práticas relacionadas com os domínios de natureza tecnológica;
  • Resolver problemas do âmbito do exercício profissional.

3. Componente de Formação em Contexto de Trabalho

Objetivos:

  • Aplicar conhecimentos e saberes adquiridos às atividades práticas do respetivo perfil profissional;
  • Executar atividades sob orientação, utilizando as técnicas, os equipamentos e os materiais que se integram nos processos de produção de bens ou prestação de serviços.

Acesso aos CET

Segundo o disposto no Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de Maio, podem candidatar-se à inscrição num CET:

a) Os titulares de um curso secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

b) Os que tendo obtido aprovação em todas as disciplinas do 10.º e 11.º e tendo estado inscritos no 12.º ano de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente não o tenham concluído;

c) Os titulares de uma qualificação profissional do nível 4;

d) Os titulares de um diploma de especialização tecnológica ou de um grau ou diploma de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

Atenção: para os titulares das habilitações a que se referem as alíneas a), b) e c), o ingresso em cada CET pode ser condicionado, à frequência de um plano adicional de formação.

POCentro_PT2020_FSE_Bom